Noticias

Alerta sobre o coronavirus a hotéis e restaurantes


Todos tem acompanhado pelos noticiários a epidemia com indícios de pandemia sobre o Coronavírus que está assolando países da Ásia, particularmente China e até mesmo o Japão. Como vivemos em uma cidade turística e que recebe visitantes de países onde o vírus se manifesta, é importante se ficar atento e tomar alguns cuidados simples, mas que podem fazer toda a diferença. Não há motivo para alarte e nem pânico mas a prevenção e a observação é sempre a melhor medida.

Temos casos do novo coronavírus no Brasil?
* Até o presente momento, não há casos suspeitos ou confirmados no país.

Qual é a definição de caso suspeito?
* Febre acompanhada de sintomas respiratórios, além de atender a uma das duas seguintes situações: ter viajado nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas para área de transmissão local (cidade de Wuhan) ou ter tido contato próximo com um caso suspeito ou confirmado.

* Febre pode não estar presente em casos de alguns pacientes, como idosos, imunocomprometidos ou que tenham utilizado antitérmicos.

Qual é a orientação diante da detecção de um caso suspeito?

* Os casos suspeitos devem ser mantidos em isolamento enquanto houver sinais e sintomas clínicos.

* Paciente deve utilizar máscara cirúrgica a partir do momento da suspeita e ser mantido preferencialmente em quarto privativo. Profissionais da saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção). Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias, como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizada precaução por aerossóis, com uso de máscara profissional PFF2 (N95). Estas são as recomendações atuais do Ministério da Saúde.

* O uso do álcool gel disponível em vários ambientes pode auxiliar também na manutenção dos procedimentos de prevenção

QUALQUER SUSPEITA COMUNIQUE IMEDIATAMENTE AS AUTORIDADES SANITÁRIAS