Garcom Francisco Cesar de Moura grande vencedor - Foto Marcos Labanca Noticias

Corrida valoriza equilíbrio e rapidez de garçons


Dezenas de profissionais participaram da Corrida do Garçom, uma competição com ares de brincadeira, mas disputada passo a passo e gota a gota, no domingo, em Foz do Iguaçu. Não seria exagero afirmar que entre os homens a final foi vencida por questão de milímetros de água.

Garcom Francisco Cesar de Moura grande vencedor - Foto Marcos Labanca
Profissionais correm com bandeja em uma das mãos em busca de prêmios


Cerca de 40 garçons deram uma pausa no trabalho ou mesmo aproveitaram o dia de folga para participar do evento, realizado na Praça das Nações (Mitre). No total, foram cinco baterias classificatórias entre os homens e bateria única entre as mulheres – todos dispostos a completar os 30 metros em menos tempo e com mais líquido nos copos.


A maioria demonstrou equilíbrio e rapidez ao correr segurando a bandeja com cinco copos cheios de água. Mas alguns cruzaram a linha de chegada com os recipientes quase vazios; outros derrubaram até mesmo os copos. Houve um competidor com tanta sede de vitória que esbarrou “sem querer” na bandeja do colega, sendo penalizado pela infração.


Na final, após a verificação da água nos copos, Francisco César de Moura foi anunciado o grande vencedor. Para ele, a experiência foi muito boa. “É a primeira vez que participo de uma corrida como essa. Valeu pela premiação, mas principalmente pela confraternização com os colegas e valorização da categoria”, afirmou. Os garçons Genesson Antônio Damazo e Erci Heger ficaram em segundo e terceiro lugar.


Entre as mulheres, a campeã foi Maria Aparecida Lemes da Rosa. “Gostei muito de ter participado. Nunca tinha feito algo parecido, embora a gente sempre tenha pressa no trabalho. Foi tudo muito divertido. Tivemos que unir habilidade e agilidade”, disse a garçonete. Em segundo lugar ficou Elisiane Pinheiro.

{gallery}Carrida-Garcom{/gallery}
Premiação – O primeiro lugar ganhou uma hospedagem em hotel de luxo e um jantar na Churrascaria Búfalo Branco. Já o segundo colocado recebeu um almoço no Restaurante Sushi Hokkai e inscrição num curso de elaboração de drinques e coquetéis do Senac. E o terceiro ficou com um almoço no Capitão Bar e inscrição no curso de elaboração de drinques e coquetéis.

Os três primeiros lugares também receberam medalhas. Além da premiação, os participantes concorreram, por meio de sorteio logo após a corrida, a vários brindes. Entre os quais, passeio de helicóptero, passeio no Macuco Safari, espeto corrido para duas pessoas e uma pizza no Capitão Bar.


Avaliação – O evento foi uma promoção conjunta do Sindhotéis (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares); Sindicato dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade; Sesc (Serviço Social do Comércio) e Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). A ação contou com apoio do Recanto das Cataratas, Golden Tulip, Hotel Mabu, Capitão Bar, Sushi Hokkai, Bufalo Branco, Churrascaria Rafain, Helisul e Macuco Safari.


Para o presidente do Sindhotéis, Carlos Silva, o objetivo foi alcançado, com a valorização do profissional estratégico no atendimento no turismo. A vice-presidente de Alimentação e Bebidas da entidade, Isabel Salvatti Rafagnin, considerou que foi dado o primeiro passo para a retomada do evento (que em anos anteriores fez história). “Agora é trabalhar para a próxima edição ter ainda mais participantes.”


O diretor-secretário do Sindicato dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade de Foz do Iguaçu, Luiz Carlos Queiroz, por sua vez, destacou que a corrida buscou marcar o Dia do Garçom, 11 de agosto, oferecendo um encontro entre os colegas da categoria. “Vamos manter o diálogo para tornar a próxima edição ainda mais atrativa”, garantiu.

{gallery}Corrida-Garom-2{/gallery}

 


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *