Home »

Um Brasil de belezas cinematográficas

Um Brasil de belezas cinematográficas

No dia do Cinema Brasileiro, a Agência de Notícias do Turismo apresenta destinos que, de tão bonitos, deveriam estar em um telão e destaca investimentos para desenvolvimento do setor de audiovisual

Neste domingo (19), as luzes, as câmeras e a ação foram focadas no Dia do Cinema Brasileiro. A data é lembrada pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), vinculada à Secretaria Especial da Cultura e ao Ministério do Turismo. Faz alusão às primeiras imagens em movimento registradas no Brasil, na filmagem da “Vista da Baía da Guanabara”, entre Rio de Janeiro e Niterói, no dia 19 de junho de 1898. Além de ser um importante reflexo da cultura e da história nacional, o cinema é também um aliado do turismo, por promover, nas telonas, cenários e paisagens que tiram o fôlego, encantam e emocionam brasileiros e turistas internacionais.

Em 2021, foram lançados 128 filmes brasileiros e exibidos, ao todo, 191 filmes nacionais (incluindo àqueles lançados em outros anos), o que gerou mais de R$ 15 milhões para a economia brasileira. Para estimular o desenvolvimento do segmento no país, os planos de ação para 2021 e 2022 preveem um investimento do Fundo Setorial do Audiovisual de quase R$ 1,3 bilhão. Deste total, R$ 808,2 milhões já estão disponíveis ao mercado audiovisual.

Também para apoiar o setor de audiovisual, a Ancine lançou, neste ano, uma linha de crédito de R$ 215 milhões, o que deve estimular a aceleração do crescimento no país. “Investir na nossa cultura por meio do cinema é valorizar a as nossas raízes e trazer investimentos para o setor”, destaca o ministro do Turismo, Carlos Brito.

“O governo federal vem atuando de forma intensa no setor audiovisual visual brasileiro, no nosso cinema. Isso gera grandes oportunidades, trabalho e renda no setor. Somente em 2022, o total investido pela Ancine chega a R$ 1 bilhão. É um marco valorizar a nossa cultura, a nossa história e o nosso Brasil”, afirma o secretário Especial da Cultura, Hélio Ferraz.

O secretário nacional do Audiovisual, Gustavo Lopes, também enfatiza os esforços para promoção do cinema no país. “Nós sempre tivemos um olhar especial para o cinema. Desde o início do governo Bolsonaro foram investidos mais de R$ 330 milhões, por meio da Lei Rouanet, e mais de 1.490 projetos audiovisuais e R$ de 1 bilhão injetado na área audiovisual. É a retomada do cinema brasileiro pós-pandemia”, disse.

Sabe aquele momento do filme em que o cenário é uma praia paradisíaca? Ou a cena de ação acontece em uma grande cidade repleta de arranha-céus? Ou, quem sabe, a imagem icônica do beijo dos protagonistas na rua mais florida e colorida da cidade? No Brasil, todos esses cenários são possíveis. A diversidade geográfica, climática e cultural do país proporciona aos amantes de cinema conhecerem paisagens que podem ser palco para cenas de cinema, de tão bonitas que são.

A Agência de Notícias do Turismo separou alguns destinos que podem ser cenários de filmes nacionais e internacionais. Confira:

Luz, câmera, ação! – Hora de o herói encarar desafios em grandes corporações, perseguições em carros velozes ou pular, repleto de cordas e aparatos especiais, de um dos arranha-céus de São Paulo (SP). Com mais de 12 milhões de habitantes, a maior metrópole do Brasil é uma referência quando o quesito é ser um grande centro urbano. Outro cenário de ação que pode ser utilizado para gravar as cenas de um filme é o Rio de Janeiro (RJ), um dos maiores cartões-postais do Brasil. O topo do Cristo Redentor, por exemplo, se torna o cenário ideal para o super-herói com poderes especiais salvar a mocinha indefesa.

Paraíso na Terra – As belezas naturais de Fernando de Noronha (PE), Bonito (MS), Torres (RS) e Maragogi (AL) são o cenário perfeito para filmes que mostram lindas paisagens, que enchem os olhos do amante de cinema com as cores, a tranquilidade e a diversidade que é estar em meio a atrativos naturais. Cenas como mergulho em águas cristalinas, observar golfinhos e tartarugas, conhecer cavernas ou nadar no mar são atrativos que podem ser divulgados no cinema.

De outro Planeta – Os mistérios da vida extraterreste são narrados em dois cenários brasileiros repletos de contos sobre outros planetas. É o caso de Varginha (MG), onde os moradores locais e testemunhas afirmam ser um lugar em que extraterrestres fazem visitas. O mistério também paira por São Thomé das Letras (MG), cidade conhecida pelo misticismo de suas pedras e construída em cima de um depósito de quartzito, sendo referência para recarregar as energias. Outro local para recarregar as energias e conhecer os mistérios da vida fora da Terra é a Chapada dos Veadeiros (GO).

O amor está no ar! – O amor captado pelas câmeras de cinema é ainda mais romântico quando filmado em Gramado (RS), Campos do Jordão (SP) ou Petrópolis (RJ). Aquele clima de outono, com as folhas caindo, ou o momento em que as flores estão no ápice do florescimento, aliado ao estilo colonial das cidades, fazem com que os amantes do gênero romance se apaixonem ainda mais pela história de amor retratada na tela e, claro, no cenário do filme.

Brasil histórico – As raízes do Brasil estão fincadas em diversas cidades brasileiras como Salvador (BA) e São Luís (MA), além da jovem Brasília (DF), atual capital do país. As cenas gravadas nestes destinos turísticos proporcionam ao espectador e viajante o que há de melhor em documentários sobre a história do Brasil, trazendo aprendizados e uma verdadeira viagem no tempo com direito a poltrona, pipoca e refrigerante.

Aventureiros – O que falar do Monte Roraima (RR), das Cataratas do Iguaçu (PR) e da Amazônia (AM), cenários perfeitos para os aventureiros encararem uma jornada épica nos filmes que retratem superação, por exemplo? Estar em meio a esse tipo de natureza proporciona ao protagonista – e ao turista – praticar esportes radicais, como trekking, escalada, arborismo, trilha na selva, rapel… os destinos de aventura estão prontos para comporem takes que renderão imagens de tirar o fôlego.

(Por Nayara Oliveira/ Assessoria de Comunicação Social do Ministério do Turismo /Fotos: Salvador (BA), Cataratas do Iguaçu (PR), Fernando de Noronha (PE) e Chapada dos Veadeiros (GO). Créditos: Márcio Filho, Zig Koch, Bruno Lima e Augusto Miranda/MTur Destinos).

 

Facebook
Google+
Twitter

ASSOCIADOS

Conheça as vantagens

ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Carrossel de imagens

ENVIE SEU CURRÍCULO

ASSOCIADOS

Conheça as vantagens

ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Carrossel de imagens

ENVIE SEU CURRÍCULO

1ª Foz Night Falls Run

  Dia 3 de setembro (Sábado a noite) Largada: 19:30 Trajeto: Saída do Muffato Jk, Av. Rep. Argentina, Av. Brasil, Av Jorge. Schimmelpfeng com chegada

LEIA MAIS