xgames Noticias

Foz do Iguaçu, Barcelona e Munique receberão X Games Global em 2013


xgamesFoz do Iguaçu será palco dos X Games em 2013, 2014 e 2015. A cidade foi “oficializada” como uma das sedes da competição “durante” solenidade realizada na manhã desta terça-feira no Capitão Bar. A cerimônia reuniu representantes do turismo, políticos e profissionais de imprensa. A presença massiva das autoridades acabou lotando o lugar.

Criado em 1995, nos Estados Unidos, o X Games é considerado a olimpíada de esportes radicais. Este ano foi ampliado para outros cantos do mundo. Pesaram a favor das cidades escolhidas para sediar uma etapa do torneio nos próximos três anos a infraestrutura, as particularidades do local e o compromisso de patrocínio do poder público e da iniciativa privada.

A Terra das Cataratas disputou uma fase da competição com outras importantes cidades do mundo, como Barcelona, Munique, Lisboa, Cancun, Santiago e Rio de Janeiro. Ao todo nove cidades chegaram ao final da disputa que se iniciou em julho do ano passado com 40 cidades de 21 países.

Além de Foz do Iguaçu, Barcelona (Espanha) e Munique (Alemanha) serão as novas cidades que receberão os X Games Global. As três se juntarão as conhecidas Los Angeles, Aspen e Tignes para formar os X Games Global. Aspen e Tignes sediam os esportes de inverno; enquanto as demais os esportes de verão. 

Projeção – O prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) destacou a conquista do município com um discurso emocionado. “É um passo grande que os americanos estão dando. Eles sabem que o radical é em Foz do Iguaçu. Para ser diferente, eles tinham que nos escolher”, comemorou o pedetista. 

O presidente da BSP (Brunoro Sport Business), Marcelo Doria, atribuiu o resultado às belezas da cidade e à sinergia entre os agentes do município e o comitê organizador da ESPN.  “A principio teremos prova no Parque Nacional do Iguaçu, nas Cataratas do Iguaçu, na Itaipu Binacional e em frente ao Centro Internacional de Convenções”, completou.

Doria disse ainda que existe a possibilidade de ser realizada alguma modalidade aquática para aproveitar o potencial dos rios Iguaçu e Paraná, além do Lago de Itaipu. “Isso está em estudo, talvez uma prova de wakeboard (um tipo de prancha puxada por uma lancha)”, disse ao Portal H2FOZ.

Para o presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla, o X Games deve consagrar a região como destino mundial de ecoaventura e de esportes radicais. “Coloca a nossa cidade num patamar elevado. É uma conquista histórica. Já temos o rafating, canoagem, a vela, o motocross, as corridas de rua, entre tantas outras competições esportivas”, avaliou.

Sem suspense – O evento desta terça-feira foi convocado para ser um ponto de concentração da torcida em torno da candidatura iguaçuense. O suspense, entretanto, fora quebrado ainda no começo da noite de segunda-feira, quando o governo estadual anunciou o resultado das cidades escolhidas para sediar o campeonato radical –entre elas a Terra das Cataratas.

O Palácio Iguaçu soltou a informação em primeira mão porque foi o último a garantir o patrocínio entre as esferas governamentais. Ainda em abril, a prefeitura e o governo federal já haviam assumido o compromisso de viabilizar o X Games –um negócio de esportes anual, controlado e produzido pela ESPN, canal americano de esportes, que se concentra em esportes de ação (radicais).


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *