Home »

No inverno, passeio Itaipu Iluminada ganha sabor especial

No inverno, passeio Itaipu Iluminada ganha sabor especial

Todas as sextas-feiras e sábados, entre os dias 7 a 29 de julho, visitantes poderão fazer o passeio com jantar

O passeio Itaipu Iluminada da usina de Itaipu vai ter um  atrativo a mais durante o mês de julho. Todas as sextas-feiras e sábados do mês, entre os dias 7 e 29, a atração vai incluir a opção de um jantar especial all inclusive, com entrada, prato principal, bebidas e sobremesa. O passeio com jantar custa R$ 150 para o público em geral e R$ 90 para os moradores dos municípios lindeiros ao reservatório do lago de Itaipu e vizinhos do Paraguai, como Ciudad del Este, Hernandarias, Minga Guazú e Presidente Franco. As vagas são limitadas. A duração é de quatro horas.

A programação inclui apresentação musical com Sofia Goulart e Tiago Rossato, além de artistas da região das três fronteiras. O jantar acontece no histórico Restaurante dos Barrageiros, com a participação de ex-operários da usina, que trabalham hoje como guias, contando “causos” da construção da barragem.

Como funciona o passeio

Do Centro de Recepção de Visitantes (CRV), turistas e moradores seguem de ônibus até o Mirante Central. É ali que ocorre a maior parte da visita, que inclui apresentações do vídeo institucional e de músicas ao vivo e apreciação da iluminação da usina. O passeio continua com a contemplação da barragem iluminada, passando pelos condutos forçados, e jantar – ou retorno ao CRV para desembarque, no caso do passeio tradicional.

Outros passeios do CTI são o Itaipu Panorâmica, Itaipu Refúgio Biológico e Itaipu Especial. Mais informações em www.turismoitaipu.com.br.

Gratuidade

Moradores dos municípios lindeiros e vizinhos da fronteira não pagam entrada para o passeio Itaipu Panorâmica, mediante comprovação de moradia e agendamento prévio. No passeio Itaipu Especial, o desconto é de 50%. As reservas devem ser feitas pelo WhatsApp (45) 99131.9119.

Os municípios lindeiros são: Diamante d’Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Mercedes, Missal, Pato Bragado, Santa Helena, Santa Terezinha de Itaipu, São José das Palmeiras, São Miguel do Iguaçu, Terra Roxa e Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul. Também estão inclusos os vizinhos do Paraguai: Ciudad del Este, Hernandarias, Minga Guazú e Presidente Franco.

Itaipu é um grande atrativo mundial

Antes mesmo da conclusão das obras, a construção de Itaipu despertava tanto interesse que foi aberta para visitação em 1977. Engenheiros, técnicos, jornalistas e curiosos vinham das mais diversas partes conhecer aquela que seria “a maior usina hidrelétrica do mundo”.

A primeira visita de que se tem registro foi em 15 de abril de 1976. A usina ainda era um imenso canteiro de obras quando recebeu 27 integrantes do Clube de Engenharia do Rio de Janeiro. No ano seguinte, em 1977, quando as estatísticas de visitação começaram a ser feitas, foram 16.251 turistas só pela margem brasileira da Itaipu. Em 1978, as visitas também passaram a ser contabilizadas pelo Paraguai.

De 1977 até 31 de dezembro de 2022, nada menos que 25.083.705 visitas foram registradas na usina de Itaipu, procedentes de mais de 211 países e/ou territórios.

 

(Assessoria de Imprensa Itaipu Binacional/Foto: Rafa Kondlatsch/Itaipu Binacional).

 

Facebook
Twitter

ASSOCIADOS

Conheça as vantagens

ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Carrossel de imagens

ENVIE SEU CURRÍCULO

ASSOCIADOS

Conheça as vantagens

ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Carrossel de imagens

ENVIE SEU CURRÍCULO